quinta-feira, 22 de abril de 2010

Tess Indica:: Depois do Acaso

A gente é fã da atriz Fernanda Carvalho Leite, que além de querida é mega talentosa. Pois a moça está com um espetáculo que estreia dia 24 de abril e vai até 16 de maio, na Usina do Gasômetro - sempre aos sábados e domingos.
Confere aí e te programa!

Grupo TATO apresenta:

: Depois do Acaso
De 24 de abril a 16 de maio de 2010

Sábados e Domingos às 20h

Local: Sala 209 da Usina do Gasômetro*
Ingresso: R$ 15,00 inteira; R$ 8,00 estudantes, artistas, idosos e assinantes do Jornal Correio do Povo

Depois do Acaso estreou em 30 janeiro de 2010 na Sala Paissandu da Galeria Olido, a convite da Prefeitura de São Paulo no II Encontro Internacional de Contato Improvisação. É um desdobramento do espetáculo “Ato ao Acaso” desenvolvido ao longo de 2009 na Sala 209 da Usina do Gasômetro, em Porto Alegre.

Sinopse

A partir de uma estrutura que vai de solos simultâneos a duos, trio e quarteto, o espetáculo é desenhado em coreografias instantâneas norteadas pelos objetivos e imagens de cada cena. Alguns motes estão determinados, outros são fruto da inspiração do momento do artista. Estimulamos o desconhecido e a surpresa do presente. Assim estamos inteiros e honestos junto ao público que verá uma dança totalmente relacional ora acrobática, ora sensual, poética ou divertida.

Conceito

A vida é feita de escolhas e casualidades. Escolhas bem pensadas e justificadas e outras feitas sem motivos aparentes. Acontecimentos previsíveis e outros que não sabemos explicar. Com muita paixão e controvérsia, o acaso é assunto em filosofia, religião, ciência e arte. Para dançar com o acaso improvisamos. Ao improvisar com outras pessoas relacionamos as decisões e brincamos com as surpresas, afinando os corpos para a harmonia do movimento conjunto. Entramos em sincronia e sintonia. Deixar espaço para a dúvida e para o jogo, ampliar nossos sentidos e intuição neste diálogo em movimento que é o Contato Improvisação. Abrir a escuta para dialogar também com a música criada no instante, na vibração peculiar da cravina. Jogar com prazer e humor transmitindo afeto e leveza nas relações é o que esperamos que chegue ao espectador com : Depois do Acaso.

O foco do trabalho é o Contato Improvisação, uma forma de movimento pós-moderno onde há intensa fisicalidade interativa e espontânea, baseada no instinto e no toque compartilhando peso, equilíbrio e energia cinética. Em parceria, o músico Guenther Andreas (tocando Cravina, instrumento elétrico de cordas criado a partir do stickbass) desenvolve temas jogando com os movimentos dos bailarinos (e vice-versa) e harmonizando com as temáticas em improvisações. No espetáculo há formações em solos, duos, trios e quarteto que são abstratos ou com narrativas muito claras, como por exemplo “Detalhes”, um duo feminino, lento, controlado, sem impulsos ou deslocamentos; “O x do y” que fala sobre o lado feminino e competitivo dos homens e “Black Bird” desenvolvido sobre o desejo de voar e a ajuda dos outros para dar suporte, confiança e segurança.

Grupo TATO

A atualmente formado por Fernanda Carvalho Leite (diretora e bailarina), Lindon Shimizu (bailarino criador), Viviane Lencina (bailarina criadora), Luciano Tavares (bailarino criador) e Guenther Andreas (músico), vem desenvolvendo atividades em dança com enfoque na linguagem de Contato Improvisação desde 2001 quando aconteceu a primeira JAM em Porto Alegre e as primeiras oficinas ministradas por Fernanda. Além da dança o grupo alia a música criada ao vivo junto ao movimento como parceira e formadora da poética do trabalho. O grupo desenvolve suas atividades na Usina do Gasômetro como integrante do projeto Usina das Artes desde 2005. Entre 2006 e 2007 o grupo esteve no Mezanino Oeste como integrante do Projeto Trezenhum, junto ao grupo Gentependurada e o Núcleo Magdala. Desde 2007, junto a Eduardo Severino Cia de Dança e outros coletivos de dança, o grupo desenvolve seu trabalho na Sala 209 da Usina firmando este espaço como o local de maior produção de dança neste centro cultural.

* O Coletivo de Dança da Sala 209, do qual o Grupo TATO é gestor junto à Eduardo Severino Cia de dança, foi homenageado com o Prêmio Joaquim Felizardo da Prefeitura de Porto Alegre aos destaques da cultura em 2009 e entregue no último dia 13/04.

Ficha Técnica
Concepção, cenário e direção: Fernanda Carvalho Leite

Bailarinos criadores: Fernanda Carvalho Leite, Lindon Shimizu (indicado ao Açorianos de Dança como Melhor Bailarino), Luciano Tavares e Viviane Lencina

Música: Guenther Andreas (indicado ao Açorianos de Dança como Melhor Trilha Sonora)

Iluminação: Luciana Hoppe

Assessoria de Imprensa: Creuza Barreto

Fotos: Rogério Ortiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário